Como é feito a Avaliação do carro no Troféu CCM?

Após longos meses criamos algumas metodologias para a medição do veículo no campeonato do Troféu CCM. Basicamente avaliamos 6 critérios dentro de cada um dos 7 conjuntos principais do carro. Entre os critérios estão itens como harmonia, funcionalidade, conservação, exclusividade, entre outros. Já entre os conjuntos, estão roda/pneu, carroceria, suspensão, som/vídeo/eletrônicos, mecânica, interior e acessórios.

Nós juízes primeiramente avaliamos toda a conservação do veículo e dos itens modificados, depois partimos para a Ficha de Avaliação onde são somados ou subtraídos os pontos dos itens modificados (independente dos conjuntos). Também é realizado uma pequena fiscalização para ver se todos os equipamentos do veículo estão funcionando corretamente, inclusive os itens modificados.

Por fim, após um grande esforço em avaliar todo o veículo e principalmente o projeto, calculamos a pontuação geral do veículo para o Ranking. Somente após a finalização da avaliação é que sabemos em qual categoria o veículo se enquadra.

Para veículos com 1 a 3 conjuntos modificados (conjuntos e não itens) eles são enquadrados automaticamente na categoria Street. Para veículos com 4 a 5 conjuntos modificados eles são enquadrados na categoria Conceito. E para veículos com 6 a 7 conjuntos modificados são eles automaticamente enquadrados para a categoria Extreme.

A categoria não interfere na pontuação do carro, acontecendo em muitos casos veículos da categoria Street alcançarem mais pontos do que veículos da categoria Conceito, por exemplo. Além disso, a cada evento também informamos o Campeão daquela edição, sendo o destaque do evento o carro que conquistar a maior pontuação naquela ocasião.

Para outras dúvidas e informações comente abaixo. Desejamos boa sorte aos competidores!

Atenciosamente,
Juízes: Shel, Navarro e Beto
Troféu CMM

    • Alexandre
    • 26 de abril de 2018
    Responder

    Estive no TSB e o rapaz da ccm deve ser juiz, disse que os carros são voces quem escolhe, só vejo carros importados e escolheram um fusca nada contra pq tava bunitinho, mas a quantidade de carros mais lindos e conservados que o outro e nenhum foi escolhido? Estranho essa medição de vocês mas fazer o que neh.

    • Responder

      Olá Alexandre, exatamente! Para participar do campeonato os carros devem ser escolhidos pelos juízes. Nossa prioridade na seleção: 1) Preferencialmente carro exclusivo, com projeto básico ou criado sob novas tendências; 2) Carro que ainda não participou do Troféu CCM (no TSB aconteceu isso, alguns carros já haviam participado, então selecionamos veículos que ainda não tinham participado; 3) Carro que o proprietário aceite participar (já aconteceu); 4) Tentamos não escolher pelo quesito “lindos”, pois, cada pessoa tem um gosto diferente e os juízes precisam ser imparciais, nosso objetivo é escolher exemplares de qualquer valor, desde um veículo popular até super esportivo ou veículo de luxo, mas com projeto bem montado, conservado, funcional, etc, sempre respeitando os itens 1, 2 e 3 deste texto; 5) A medição em cada carro pode levar mais de 1 hora, com isso, para eventos de curta duração (1 período ou meio período) a seleção precisa acontecer o mais rápido possível com os carros que estão presentes nos primeiros horários, salvo quando quando os carros são selecionados anteriormente a realização do evento); 6) Não categorizamos o estilo do carro para evitar conflitos, medimos qualquer carro modificado, desde um Fusca até uma Ferrari ou um Maybach. Conclusão: O objetivo é mudar e atualizar o cenário! Convidamos você a participar de uma etapa conosco e conferir com seus próprios olhos que não existe nada de “estranho”, é uma novidade no Brasil mas que já é comum em todo o mundo (principalmente nos EUA), no entanto, desde o início sabíamos que poderia causar esse impacto, já que algumas medições brasileiras viraram apenas uma fonte de renda. Venha conosco!!! 😀

    • Marcelo
    • 22 de abril de 2018
    Responder

    Estive nesse evento de SJC, pelo visto acho que essa pontuação e meio fajuta, pq meu Civic está no topo do extreme, e carros inferior a ele, ganhou troféu, muito estranho. Deve ter algum cambalacho nisso.

    • Responder

      Olá Marcelo, obrigado por participar e deixar suas críticas mesmo tendo uma boa pontuação. Não é farjuta e nem tem cambalachos, acontece que a medição do Troféu CCM também avalia a conservação do veículo e suas modificações. Ou seja, alguns carros poderiam ter pontuação muito acima do definido, mas acabaram perdendo pontos por conservação, harmonia ou instalação. Convidamos você e sua equipe para nos acompanhar em uma próxima etapa e verificar como os juízes fazem a avaliação. Dica a todos os competidores: Deixe seu carro impecável! Agradecemos a todos e boa sorte! 😀

Comentar